terça-feira, 20 de julho de 2010

Vida Lascada

Levo uma vida lascada, mas as vezes vou para o spa...
... e depois
volto para a vida lascada.


segunda-feira, 5 de julho de 2010

Uma Soma de Zeros

Você bem sabe que não poderá ganhar, tão pouco chegar entre os primeiros; cada segundo que passa vai ficando para trás e quando pensa que terá vantagem, é ai que se engana e volta para onde tudo começou, ou até mesmo antes disso. Sua única energia é uma esperança vaga, amarga, que flameja dentro de você e não sabe exatamente o porquê dessa chama ainda estar ardendo. Isso faz com que você negue estar derrotado, negue que seja um perdedor e esteja de hora extra num mundo hostil que lhe impõe limites e você aceita. Então para que esta chama se mantenha acesa, é preciso aalgum combustivel, é preciso que você alimente essa esperança ao longo do caminho e você acha que eles também não pensaram nisso? Migalhas de pão marcam o caminho; você poderá voltar para casa; encha sua boca com isso; mantenha-se calado. Essas sobras que você encontra no caminho satisfazem seus desejos, mantém adormecidas suas ambições.
Você vai somando apenas perdas no caminho de volta para casa, e quando nela chega, um zero bem grande o espera. Nada muda, apenas uma soma de zeros; sempre a mesma coisa. Mergulha em seu vazio, cheio de supérfulos e enquanto espera a noite o dia se vai levando qualquer coisa junto, inclusive seu tempo de reagir. Mas está tudo bem, um prato de sopa esfria sobre a mesa e a televisão está ligada, existe ainda diversão por mais três horas. Só que você vai ficando para trás, mas até aonde vale pena estar em primeiro?
Então você se esforça, faz as coisas certas, tem um bom convívio social e está em primeiro, só que esta corrida desleal não leva a lugar algum e você só percebe isso quando perde.