quarta-feira, 25 de maio de 2011

Viagem furada.

I used to care but, things have changed...


Então eu resolvi arrumar a mochila e dar o último telefonema. Esperei um homem de capote negro num beco escuro. 35 reais amassados no bolso do jeans. E enquanto um casal passava apaixonado eu me ocupava com sonhos de papel. Na manhã que o sol iluminou eu saltei pra fora com um café mal descido pela garganta. Aí somei as moedas e rodei sofridamente com meus amigos pra descolar duas conduções até o centro. E Porto Alegre estava como a bela adormecida nos contos de fadas. Aquele ar cansado dos dias de viagens. Me ocorreram algumas ideias, canções - "broken bibles... broken hearts..." - e a gente se apertou na rodoviária e escolhemos nossos assentos desconfortáveis e cruzamos talvez 200 ou 300 quilometros até o dia quase escurecer.
E nas horas seguidas, no caos mental em que a gente se encontrava, eu toquei Bob Dylan com meu violão atado com cadarço e preso as minhas costas e sussurei na gaita os acordes do terrível que estava por acontecer. Uma viagem furada, anunciada por canções desoladas de Bob Dylan. E dias depois eu retornei entorpecido pra casa, com meus tênis carregados por toda a poeira da estrada e nunca mais desejo retornar para aquele inferno mental.
De qualquer forma é uma boa homenagem ao cara que fez aniversário ontem. 70 anos.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Eu exclui esse de cima, mas tinha reescrito :O pelo visto não deu certo. É que eu tinha errado umas coisinhas :D

    Eu disse que você é bem vindo a 'invadir' rs. E que eu não sei muitos detalhes sobre o Dylan, mas gostaria de saber. Só sei do que sinto ouvindo suas músicas :]

    Ah. Eu gostei do seu texto, dá pra perceber uma referência beat mesmo, bem legal.
    "Porto Alegre estava como a bela adormecida nos contos de fadas." Eu não conheço Porto Alegre, mas essa frase me chamou atenção.

    ResponderExcluir
  3. Belas imagens, belo texto. Como sempre.
    "E Porto Alegre estava como a bela adormecida nos contos de fadas. Aquele ar cansado dos dias de viagens." Essa passagem também me comoveu...

    ResponderExcluir
  4. POis bem! li esse aqui tbm! Valeu vc por dar uma colada lá no vazio! quando li isso lembrei de uma viajem errada que eu fiz tbm, de dedão até outra cidade daqui do MS mesmo...amor e estrada, furada! ainda vou escrever sobre isso...Tamo aí! massa mesmo os textos q vc escreve!

    ResponderExcluir